Ugly food

O desperdício de alimentos ao redor do globo é uma preocupação permanente. Mais de 800 milhões de pessoas passam fome, já que cerca de 1,3 bilhão de toneladas do que poderia se tornar comida aos famintos vai para o lixo, não chegando a mesa do consumidor final. A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO/ONU) aponta que aproximadamente 33% de tudo o que é produzido anualmente é jogado no lixo. Deste percentual, 54% do desperdício ocorre na fase inicial, de manipulação, de pós-colheita e armazenamento do cultivo. As etapas de processamento, distribuição e consumo acumulam 46% do percentual.

Os alunos do 7º ano estão estudando sobre o desperdício de comida. “Estamos trabalhando o desperdício de comida, principalmente daquelas mal formadas por serem consideradas “feias” e não agradáveis aos olhos, e consequentemente a criação de consciência nos alunos sobre o problema do desperdício e a necessidade de aproveitamento de tais alimentos”, explicou a professora Mariana Everton do Crescimento Renascença.

Após discutirem o tema, levantar informações e aprender o vocabulário específico do assunto, os alunos foram convidados a criar modelos de cartazes virtuais para uma campanha sobre o desperdício de alimentos. “Por fim, utilizando um aplicativo, os estudantes também fizeram pequenos vídeos, em formato comercial, para levantar a discussão sobre o assunto e conscientizar as pessoas”, explicou o professor Lendel Mendes, que orientou as atividades no Crescimento Calhau.

 

Confira aqui as produções dos alunos da Unidade Renascença.