Reforço positivo e Destaque

Reforço positivo e Destaque Ensino Fundamental II Calhau.

Nossos alunos do Ensino Fundamental II Calhau tiveram um momento de homenagens aqui na escola. Com a presença da família, receberam os certificados de reforço positivo:

Aline Victória Aranha Lopes-6ºA

Manuela Modesto Cruz Oliveira-6ºA

Maria Clara Feitosa Maciel Ribeiro-6ºA

Rubem Lima de Paula Neto-6ºA

Sarah de Paula e Silva-6ºA

Guilherme Leite Martins Viana-6ºC

Pedro Henrique de Abreu Duailibe-6ºC

Lucas Antônio de Carvalho Ferreira-7ºA

Isabella Marinho de Paula Araújo-7ºC

Kalil Buhatem Costa-7ºC

Karine Marques Nabate-7ºC

Luna Couto Barbosa Costa Leite Sousa-7ºC

Lucas Gusmão Fernandes-7ºC

Maria Eduarda de Assunção e Silva Ribeiro-7ºC

Pablo Barbosa Buna-7ºC

E como destaque no 1º semestre, o aluno Arthur Franco Ribeiro -7ºA.

Parabéns a todos os estudantes!

O professor João Vieira, que leciona a disciplina de Matemática, fez um discurso emocionado ao final do evento. Compartilhamos um trecho:

 

“ (…)

A palavra matemática deriva de duas palavras gregas, assim, “matemathike” é a junção de “máthema” + ”thike”. Em que “máthema” significa compreensão, explicação, ciência, conhecimento, aprendizagem; e ”thike”, arte ou técnica.

Portanto, em essência, a matemática é a arte ou técnica de explicar, de conhecer, de entender e aprender. Logo, não seria estranho dizer que toda vez que você se encontra em uma aula, seja ela qual for, estará exercitando a matemática, isto é, a arte de aprender.

Somos, em essência, todos matemáticos de fato, todos nós exercitamos esta arte antes de mesmo de falar. Ainda quando um bebê todos nós encarnamos um verdadeiro espírito de cientista. Testamos e avaliamos tudo com as ferramentas que nos são disponíveis. Neste caso, os nossos sentidos. Vocês, queridos alunos, hoje mais amadurecidos, fazem uso de uma ferramenta que complementa as anteriores, o seu raciocínio, a sua inteligência. Esta é a ferramenta mais formidável que você tem a disposição. Com o benefício de ter a propriedade de que quando mais se usa, mais afiada ela se torna.

Vocês representam hoje um grupo de ferramentas muito afiadas, com um potencial de transformar o mundo a sua volta. De ajudar, inclusive, a deixar ainda mais afiados os seus colegas de turma. Por experiência própria, eu digo que o conhecimento é algo que quanto mais se compartilha em maior quantidade se possui. E portanto, algo que se não for compartilhado, acaba por ser perdido. Ajudar um colega a aprender, aumenta ainda mais sua própria compreensão. E isto não é um processo trivial.

(…)

Encerro minha fala, deixando um conselho. Tome como inspiração as estrelas. Quando olhar para o céu saiba que a estrela que você vê, pode não estar mais lá. O que você observa pode ser apenas a luz emitida por uma estrela que há muito deixou de existir, mas que brilhou tão intensamente que sua luz continua sendo capaz de alcançar um planetinha azul chamado Terra.

Seja você também uma estrela, brilhe intensamente, de forma que sua luz alcance outros na forma de auxílio, companheirismo e motivação. Talvez você ainda não tenha percebido, mas através de sua dedicação em ser um bom aluno, você seja um exemplo para os colegas de sua turma além, é claro, de ser motivo de orgulho para seus pais e motivação para seus professores.

Sim, motivação. Não há nada que anime mais um professor do que alunos buscando  conhecimento.

Não há fórmula matemática para o sucesso, mas certamente o caminho que vocês trilham hoje formula um amanhã incrível.”